Tradutor

Traduza Agora o Blog Game Over S.S para lê-lo com mais comodidade!
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Shadow of the Colossus

Bem, hoje o post prometido, mas vou deixar o do Guitar Hero para o Engelberto, que logo começa a postar aki. Bem, GO??

Ficha: Shadow of the Colossus( e não Shadow of Colossus, como já vi muitos noobs fazerem)

Ano de Lançamento: 2005

Produtora: Sony

Plataformas: Exclusivo PS2
Bem, não dá pra falar muito desse game. Ele é simplesmente... (como diz nosso amigo da Play Again) AWESOME!! É incrível!!

Bem, o game se baseia na história de Wander, que entra nas Forbidden Lands para ressucitar uma moça chamada Mono, que estava numa espécie de sono profundo. Mas, a tarefa do garoto não é nada fácil. Pois, naquelas terras, vivem 16 colossus, todos gigantes, e muito fortes, todos baseados num jogo de xadrez, com as 16 peças. Porém, matar eles não é tão simples. Pois, apenas uma espada poderosa pode atingir os pontos vitais(Que variam de 1,2,3 até 4 pontos), que em cada colosso são diferentes. Então Wander acaba roubando a Ancient Sword, a espada mata-colosso(xD) de Lord (Emo)Emon. Óbviamente, o roubo não passou despercebido.

Cada colosso vive num lugar diferente. Você deve matar eles em ordem(já cito os nomes), e achar eles seguindo a luz da Espada. Quando você o acha, deve encontrar pontos brilhantes( o brilho da espada também mostra isso), chamados pontos vitais, para aí poder matar eles. Bem complicado, principalmente depois da metade, quando os Colossus ficam mais fortes e difíceis de Achar. Eu, sinceramente, levei quase meia hora para achar o Phalanx, o 13º colosso.
Mas bem, achar os colossus é até divertido. realmente divertido. Porque o jogo é imenso, enorme, realmente uma obra de arte. O mapa, gigantesco, cheio de planícies, abismos, florestas, pequenas montanhas, enfim, um verdadeiro paraíso, levando em conta os cenários, que são de uma perfeição imensa.

Os 16 colossus, na ordem, são:
1. Valus
2. Quadratus
3. Gaius
4. Phaedra
5. Avion
6. Barba( É pela barba mesmo que você escala ele)
7. Hydrus
8. Kuromori
9. Basaran
10. Dirge
11. Celosia
12. Pelagia
13. Phalanx
14. Cenobia
15. Argus
16. Malus

Existem nas Forbidden Lands, inúmeras frutas, e lagartos de rabo branco, que se capturados e usados, aumentam sua vida e sua Stamina(resistência), respectivamente. O mapa completo deles tá aqui \/.

O maior monumento das Forbidden Lands é o Shrine of Worship, o templo onde Wander aparece, sempre depois de matar os Colossus, pois parece que ele é morto. Lá, ficam as 16 estátuas que representam os 16 colossus. Cada vez que um morre, a estátua correspodente quebra.
Depois de zerar no modo normal, você desbloqueia o modo Hard. Ele é realmente normal(WTF??), pois aqui você perde a quantidade de vida certa, pois levando um pisão do Valus, você fica com 1/4 de sua vida. É realmente difícil. Também existe o modo Time Atack, no qual você tem um certo tempo para matar os colossus.

Mas todo jogo decente tem que ter os mistérios. O Sux falou sobre eles, o Link leva ao post, pois é bastante coisa e não vou repassar tudo aqui.

Hacks. Isso, hacks. Pois todo jogo também tem Hacks(mesmo os indecentes). Os Hackers podem, por exemplo, mudar a cor do céu, mover os colossus como quiser, entre muitas outras coisas. Veja aqui nesse Link, um vídeo com alguns deles.

O final do game é impressionante. Mas não vou contar, pois aí vai perder a graça. Então só digo que Wander consegue ressucitar a moça, mas não dá tudo certo como ele queria.
O game é realmente bom. Digno exclusivo do melhor console da geração passada. Para saber mais, pois aqui falei pouco, visite o Blog Forbidden Lands, parceiro do nosso blog.

Nota: 9,9(Só não dei 10 porque não estou afim xD)

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails